História  de  Maebashi


Da Antiguidade ~ Era Nara (20.000 AC ~ séc.IX)

 A história de Maebashi é bem antiga, e acredita-se que cerca de 20.000 AC, já havia homens primitivos habitando a região, e as ruínas encontradas no “Kuma no Ana Iseki”, em Higashi-Omuro-machi, comprovam que a região já era habitada na antiga Idade da Pedra.
 Há cerca de 10.000 AC iniciou-se a era Jomon Jidai, e nas regiões nordeste e oeste do município foram encontrados inúmeros restos de residências desta época.
 Há cerca de 2.300 anos, na era Yayoi Jidai, teve início o domínio da região por poderosos clãs, dando origem a inúmeros túmulos. Na área municipal há cerca de 800 túmulos desta época.
 Na era Nara Jidai, nas imediações de Moto-soja, foi instalado o Governo do Kozuke-no-Kuni, tendo sido construído o Templo Kokubunji, e tornou-se o centro político a ponto de ser chamada, na época, “Nara dos Países do Leste”.
 Nesta época, nas imediações da via que interligava os países do leste com a capital foram se instalando os “Uma-ya” (viajante com cavalo: condução dos homens • instituições para cuidar dos cavalos) e como, nas proximidades havia ponte, passou a ser conhecida como “Umayabashi” e na era Edo Jidai passou a se chamar “Maebashi”.



Era Heian Jidai ~ Era Sengoku Jidai (séc.X ~ séc.XVI)

 Neste período que se estende desde o final da Era Heian Jidai até o início da Era Kamakura e Muromachi Jidai, e em que Taira no Masakado instituiu, no ano de 939, o governo de Kozuke-no-Kuni. Maebashi foi envolvida em guerras civis decorrentes da disputa de poder do governo central. Depois disto, surgiu uma forte sociedade burguesa.
 No início do Séc.XV, foi mudado o curso do Rio Tonegawa para o atual curso, sendo, em 1475, instalado o Castelo de Umayabashi. Entrando na Era Sengoku (guerras civis), Uesugi Kenshin dominou a região de Kanto, passando a utilizar o Castelo de Umayabashi como ponto central de suas atividades. Posteriormente, pelas seguidas transferências do poder entre os militares, o castelo passou a ser ocupado por diferentes proprietários.



Era Edo Jidai (séc.XVII – séc.XIX)

 Tokugawa Ieyasu tomou o poder na Guerra de Sekigahara, e em 1601, determinou ao seu fiel e antigo vassalo, Sakai Tadashige que ocupasse, como proprietário, o Castelo de Umayabashi dizendo “dou-lhe a fina flor de Kanto”. O Castelo de Umayabashi ocupava área de 50 hectares (equivalente a 20 vezes a área do Green Dome) constituindo, juntamente com o Castelo de Utsunomiya, Castelo de Kawagoe e Castelo Nin (atual Gyoda), os 4 castelos mais famosos da região de Kanto.
 O poder do clã de Sakai teve a duração de 9 gerações, e Maebashi prosperou como cidade periférica do castelo. Por volta de 1649, a denominação “Umayabashi” foi alterada para “Maebashi”. O 4º senhor do clã Sakai, Sakai Tadakiyo, chegou a ocupar o posto de vital importância no governo Bakufu (central), sendo apelidado de “Geba Shogun”, ocupando um castelo nas imediações da entrada monumental do Castelo de Edo, tendo amplo poder para restringir o acesso ao citado Castelo.
 Na parte final da Era Edo Jidai, com a abertura do Porto de Yokohama para o comércio exterior, a exportação de fio de seda passou a ter grandes proporções, e Maebashi que possuía vasta área de sericicultura aumentou sua produção, tornando-se alvo das atenções também pela sua alta qualidade, o que acabou por trazer prosperidade. O governo local deu ampla proteção aos sericicultores e estabeleceu em Yokohama um escritório para comércio de fio de seda.



Era Meiji Jidai – Era Taisho Jidai (séc.XIX – início do séc.XX)

 Logo no início da Era Meiji, convidando especialista estrangeiro, foi instalada a 1ª Fiação Automatizada de Seda, tornando Maebashi a capital da fiação de seda, conhecida em todo o mundo.
 Na época, a capital localizava-se em Takasaki mas artesãos de fiação liderados por Shimomura Zentaro fizeram elevadas doações de seus bens privados para instalação de sede de governo e de escolas, e como resultado, em 1881, foi instituída Maebashi como a sede do Governo da Província de Gunma. Em 1892 Maebashi foi elevada à categoria de município (shi) e Shimomura Zentaro foi seu primeiro prefeito.
 Na Era Taisho Jidai, sob os efeitos da 1ª Grande Guerra Mundial, a produção de fio de seda de Maebashi atingiu o seu pico, e a cidade foi dominada pelas chaminés de fábricas de fiação, tornando-se famosa como a “cidade do fio de seda”, e, dentro da prosperidade econômica, a cidade prosperou também no aspecto cultural, tornando-se berço de vários famosos poetas contemporaneos, cujo maior representante é Hagiwara Sakutaro.



Era Showa Jidai – atualidade (meados do séc.XX – início do séc.XXI)

 Entrando na Era Showa, entrou em funcionamento a Jomo Dentetsu e a linha Joetsu e foi implantada ampla rede rodoviária. Também foram realizadas obras de infra-estrutura da região agrícola e melhoria nas regiões fluviais, e Maebashi continuou a prosperar. Entretanto, durante a Guerra do Pacífico, em virtude da diminuição das exportações de fio de seda, teve que mudar a atividade para a indústria bélica. E, em 1945, o bombardeio a Maebashi destruiu cerca de 80% da cidade. Mas, reconstruída das cinzas, a cidade tomou os aspectos atuais. A reconstrução do pós-guerra foi ainda liderada pela atividade de fiação de seda mas pelas dificuldades decorrentes do surgimento de concorrentes estrangeiras, teve que adaptar-se a uma nova realidade com a instalação de pólos industriais centrados em veículos e eletro-domésticos. Assim, de cidade centrada na fiação, passou a ser cidade com desenvolvimento harmonioso da indústria, do comércio e da agricultura. Em 1990 foi construído o Green Dome Maebashi que,sedia competições internacionais de ciclismo ou de atletismo em área coberta, passando a ser procurada por muitas pessoas, do país e do estrangeiro, passando a assumir aspectos de “Cidade de Convenções Internacionais”.



○Linha de Tempo da História de Maebashi
24.000 anos atrás grande deslizamento formando a planície onde se localiza Maebashi
20.000 anos atrás início da cultura da antiga Idade da Pedra na região sul do Monte Akagi-yama
2.300 anos atrás início da cultura do arroz, transmissão da cultura de utilização de ferramentas de metal e armas da era Yayoi
ano 300 construção do túmulo Maebashi-Tenjin-yama, a mais antiga do leste japones
ano 700 estabelecida sede de governo nacional em Moto-soja-machi
ano 939 domínio do governo do Kozuke-no-Kuni por Taira no Masakado
ano 1180 queima, por Ashikaga Toshitsuna, do Kozuke-no-Kuni
ano 1475 construção do Castelo Umayabashi
ano 1560 entrada de Nagao Kagetora (Uesugi Kenshin) no Castelo Umayabashi tornando-a sede de atividades da região Kanto
ano 1602 Sakai Tadashige é nomeado dono do Castelo Umayabashi
ano 1617 início do município em Hon-machi e Renjaku-cho (onde é feita o Hatsui-ichi- Feira do Daruma)
ano 1649 Umayabashi passa a denominar-se Maebashi
ano 1749 o feudo de Maebashi passa de Sakai para Matsudaira Tomonori
ano 1859 com a abertura do porto de Yokohama, inicia-se a exportação da linha de seda de Maebashi
ano 1876 antigo Castelo Maebashi sedia o Governo Provísorio da Província
ano 1881 transferência oficial da sede do governo da província para Maebashi
ano 1892 criação do município, sendo Shimomura Zentaro, seu primeiro prefeito
ano 1929 instalação da rede de água na cidade; cerimonia de sua inauguração
ano 1945 bombardeio a Maebashi, queimando cerca de 80% da cidade
ano 1954 junção com 8 cidades/vilas circunvizinhas
ano 1990 construção do Green Dome Maebashi. Realização de Competição Internacional de Ciclismo
ano 1992 comemoração dos 100 anos de Maebashi
ano 1999 realização da Competição Internacional de Atletismo em Pista Coberta
ano 2004 junção com 3 cidades/vilas circunvizinhas

(bibliografia: História de Maebashi em quadrinhos - Editada pela Prefeitura de Maebashi)